Canine Freestyle

A tradução ao pé da letra seria algo como Estilo Livre para Cães. É também conhecido como Dança com Cães (Dog Dancing), pois tudo acontece ao som de uma música. Pode parecer até simplista demais, mas não é. Uma coreografia elaborada e bem executada pode levar mais de seis meses de preparação. O Canine Freestyle consiste basicamente em ensinarmos diversos comandos, que podem ser pedidos para os cães verbalmente ou através de gestos, e fazermos uma seqüência ao ritmo da música. Alguns defendem que todos os movimentos e a coreografia devem ser ensaiados e decorados. Outros acreditam que a graça está na rotina improvisada, feita na hora (com os movimentos previamente aprendidos pelo cão).

A melhor maneira de ensinar Canine Freestyle para o cão é utilizando o clicker, previamente ‘carregado’. A Obediência básica é extremamente necessária, antes de qualquer coisa, comandos simples como Senta, Deita, Vem e Fica. Quanto mais o cão for estimulado a pensar e decidir o que é melhor (o que gera recompensas), mais rápido ele será capaz de aprender. Para isso usamos petiscos (mussarela, salsicha, bifinhos caninos, frutas) em pedaços bem pequenos, e até a própria ração do cachorro. Um filhote de dois meses está apto a começar, e quanto mais cedo for iniciado, melhor.

O esporte, que foi criado no começo da década de 90 na Inglaterra (por Mary Ray) e no Canadá (por Del Culpis) ainda é pouco conhecido no Brasil, mas em outros países existem associações especializadas em promover competições, cursos e seminários sobre o assunto.

Canine Freestylers pelo mundo, veja os vídeos mais famosos (reparem na motivação de todos os cães):

Carolyn & Rookie: Essa dupla inspirou centenas de pessoas e fizeram muito sucesso.

Assista também o Tributo ao Rookie, que infelizmente se foi, ano passado:

Atila e Fly: Atila é uma dos treinadores que mais admiramos. Ele é bastante criativo e perfeccionista. Uma de suas inspirações foi Mary Ray.

Mary Ray: Pioneira no Canine Freestyle, deixou seu nome na história do esporte. O que mais gosto são as coreografias com mais de um cão. Já cheguei a ver uma com quatro border collies!

Crufts 2007:

Crufts 2008:

Pam Martin & Pilot: A Pam esteve no Brasil em dezembro de 2008, relizando um curso de Canine Freestyle. O estilo dela é único, e nessa coreografia utiliza bastante o frisbee.

Dante Camacho e Mixirica: Não poderia deixar passar de jeito nenhum. Dante é brasileiro e está no Canadá. Lá ele se apresenta no Superdog Shows por diversas cidades. Por ele tenho muita admiração, foi a primeira pessoa com quem fiz estágio e neste ano ele estará no Brasil! Aguardem novidades…

Os treinadores da Equipe Tudo de Cão praticam Canine Freestyle e a paixão pelo esporte nos motivou a criar uma maneira de reunir os Canine Freestylers brasileiros e motivá-los a treinar e se aprimorar, através dos Desafios.
By | 2009-01-14T13:37:00+00:00 Janeiro 14th, 2009|Categories: Blog|Tags: |5 Comments

5 Comentários

  1. Flá 14/01/2009 em 15:50 - Responder

    Eu acho o primeiro vídeo do Rookie o mais sensacional! É muito empolgante.

  2. Sara Favinha 14/01/2009 em 16:04 - Responder

    Flá, também é um dos meus favoritos! Todas as vezes que vejo me emociono, muito bom!

  3. Claudia Estanislau 14/01/2009 em 17:05 - Responder

    Excelente artigo. Eu também adoro freestyle e quem me abriu as portas para esta “actividade” foi o Skulalek com o Fly (também já faleceu infelizmente). Ano que vem existe perspectiva de termos o Atila a fazer um seminário em Portugal, fico emocionado em pensar. Mary Ray tive oportunidade de ver ao vivo no Crufts, mas continuo a achar a rotina do Gladiador do Atila a melhor de sempre :DCláudia

  4. Claudia Estanislau 14/01/2009 em 17:07 - Responder

    OPs não é Skulalek é Skukalek (tem quase um nome tão complicado quanto o meu)

  5. maria 14/01/2009 em 19:53 - Responder

    Maravilhoso Sara!!!!Vendo os vídeos dá uma vontade de fazer também!!!

Deixar Um Comentário