Duda

Vou transcrever aqui, um post do Leo sobre a Duda, que retirei do Fórum Tudo de Cão (restrito aos participantes dos nossos Cursos – Clicker e Treinamento Animal, Agility e Canine Freestyle).”Eu tinha 2 shibas, a Fuku e o Tonton. Conheci o Dan em 2002 quando o Brasil tinha acabado de voltar do Mundial com o título.

Comecei a treiná-los e, na época, eu praticamente não tinha boas ferramentas e apanhava MUITO. E a desculpa era sempre o problema da raça.

Entre um treino e outro eu conheci a Duda. Ela chegou no Dan porque a antiga dona não a queria mais por sua grande necessidade de trabalhar e os empregados não a tratavam bem. Isso gerou muitos traumas para um cão tão sensível, principalmente em relação a seres humanos.

O André foi a primeira pessoa a mexer com ela e a fez começar a se interessar por brinquedos. Depois eu comecei a treiná-la e não tinha muita opção quanto a métodos de treino. Se usasse um pouco de Reforço Negativo, tudo o que eu tinha feito era perdido. Entao, não teve jeito, tive que correr atrás e buscar outras formas.

Assim fomos indo, mais errando do que acertando. Mas, pelo menos ela queria trabalhar. E começou a querer trabalhar demais.. rs..

Quem a conhece sabe o que quero dizer com querer trabalhar demais. Ela ficava muito ansiosa e só queria saber de fazer Agility. Derrubava milhares de barras por segundo, queimava zonas de contato, quebrava barras de slalom, enfim, era o caos.. E para todo mundo que eu pedia conselho, o conselho era sempre o mesmo: Punição.
E resolvi que se essa era a única forma, infelizmente eu não faria mais Agility pois ela não precisava passar por isso.

A Duda ficou morando no canil do Dan por bastante tempo e eu só encontrava-a nas Terças, Quintas e Sábados quando ía treiná-la. E, coincidentemente, ela só comia nesses dias.. rs… os outros dias ela não encostava na ração.

Decidimos então que ela moraria comigo…

A Duda me ensinou MUITA coisa… se não fosse ela, dificilmente eu teria estudado o quanto estudei.

Foi com ela que aprendi como fazer uma Obediência e Agility de forma positiva. Como treinar trajetórias, zonas de contato, slalom, etc…

E, principalmente, foi com ela que eu aprendi que a melhor coisa é começar certo e não ficar remendando as coisas lá na frente (a trajetória dela até hoje é horrível.. rs..).”

Leo e Duda no Clube de Cãompo em Itu – SP

A Duda foi a primeira Border Collie do Leo, e quando os vejo juntos, trabalhando, brincando, treinando, sei que existe algo que vai além da ótima comunicação e respeito mútuos.

Fiz um vídeo dos dois.

By | 2017-01-18T11:43:25+00:00 agosto 17th, 2008|Categories: Blog|Tags: |4 Comments

4 Comentários

  1. Anonymous 18/08/2008 em 15:10- Responder

    Sara,Esse video ficou MTO lindo!!!!Parabens!Nós queremos saber quando vai ser o mundial na Finlândia para já começarmos a torcer por voces!!!Boa Sorte! Voces merecem!!!;)

  2. Maria 18/08/2008 em 15:13- Responder

    ops….foi a Maria que escreveu….esqueci de colocar o nome…Beijos

  3. Beatrice B. 18/08/2008 em 18:50- Responder

    Gente,vocês são demais! Parabéns por tudo, por me salvarem, por salvarem a Uniqua, rsrsrs… e claro pelo ótimo trabalho! É por isso que se falam em adestrador já vou recomendando a Tudo De Cão…

  4. Chong 19/08/2008 em 14:33- Responder

    Poxa esse blog é ótimo parabéns!!

Deixar Um Comentário